Brasil Direito das Mulheres São Paulo

A Revolução Silenciosa das Mulheres no Mercado de Trabalho.

Compartilhe nas redes sociais!

Na dicção de Gabrielle Glette*, contradizendo a máxima machista, e ultrapassada, que afirma que mulheres não têm capacidade de  liderar a empresa, ao reverso,  de acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), empresas com mulheres em postos de liderança têm melhor desempenho e isso acontece no mundo inteiro, inclusive no Brasil.

A afirmação é resultado do relatório “Mulheres na gestão empresarial: argumentos para uma mudança”, que se baseou em pesquisas com 13 mil empresas de 70 países. Três entre quatro empresas que promoveram a diversidade de gênero em cargos de direção dizem ter obtido aumento de 5% a 20% nos lucros.

No Brasil, 451 empresas foram entrevistadas e mais de 71% afirmam que ter iniciativas pela diversidade e igualdade de gênero aumentou seus resultados financeiros. Vale lembrar que, a organização considera que equilíbrio de gênero corresponde a mulheres ocuparem entre 40% e 60% das posições.

Cerca de 57% das companhias disseram que a diversidade ajudou a atrair e a reter talentos, representou melhora na criatividade, inovação e abertura, além de ter beneficiado suas reputações. Está mais do que na hora de algumas pessoas reverem os seus conceitos!

*Jornalista e produtora de conteúdo que mora na França. Gabriela também é fundadora do site Quokka Mag 

São Paulo, 27/11/2020

Dra.Maria Alécia Silva Pereira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *